Cama e mesa

A repórter se ajeitou no banquinho de madeira rente ao chão, enquanto Dalmira tentava controlar o choro para continuar seu relato. Levava ao rosto o lenço gasto e parava o olhar, perdido, a mirar o passado. Na face cansada e velha, apesar dos quarenta e poucos anos, escorriam as lágrimas expressivas dos sentimentos de uma Leia mais… »

Vitrine

Diante da vitrine ela cristaliza. Estática, vê a beleza estonteante exposta ali, diante dos seus olhos, que se arregalam, ao mesmo tempo em que ganham um brilho ansioso, misto de tentação e admiração aniquilantes. Ela não pode, não deve, porém uma atração irresistível a toma por completo. O corpo arrepia, as pernas amolecem, a boca Leia mais… »